13 fevereiro, 2007

A Menina da Janela


Já dizia certo dia, um amigo meu, que a menina da janela tinha olho profundos, que ela tinha belos cabelos e uma mente voadora.

A menina da janela agora esta de costas olhando a vida passar, cantando coisas de amor, falando da dor e das felicidades, da vitoria da derrota, sempre tonta, louca, engraçada, desconexa, vivendo a vida como o ultimo dia, um dia...

A garota agora para na janela pra ver seu mundo surreal passar, um mundo colorido e de forma desforme. O seu mundo surreal passa com um sopro de vento azul, um raio amarelo de sol, um vermelho de vida.

A menina da janela sonha, a menina da janela vive, vê a vida passar, a menina da janela sente, a menina da janela vôa no seu universo emoldurado.

Um certo dia, um certo amigo me lembrou que eu sou a menina da janela, um certo dia numa certa janela o mundo surreal se mostrou pra mim com todas as suas cores, num certo momento eu me senti acalentada, num certo momento a menina da janela fechou sua janela, puxou as cortinas, abriu a porta e foi pra rua brincar de ser feliz.


Evah Nick

3 comentários:

binn disse...

querida bela menia da janela como vc está em?


bjoOO

Pretto disse...

hummm....

Débora Dias disse...

As vezes ser a menina da janela , e olhar tudo pela janela, é bem mais interessante.
Olhando pela janela a gente ve o mundo, e esquece um pouco do q há dentro, esquece dos nossos proprios problemas.
Olhando pela janela, a gente aprecia muita coisa, mas não está exposto aos perigos do mundo lá de fora.
Da janela, o caos das pessoas, carros,e medos, fica muito mais sereno.
O mundo tem mais foco, e fica mais colorido.